2017   )Entre Jovens(

 

Hoje. 2017. O movimento dos secundaristas. Os “secundas”.

 

Muitos observam com esperança. Um movimento horizontal. Sem protagonismo. O encontro com um novo engajamento político. Jovens unidos pela desilusão no atual sistema. Estariam aqui os novos líderes?

 

 

Os jovens de hoje, representantes do futuro, poderiam nos tirar da crise com uma visão mais humana, menos partidária. Outros tem raiva. Baderneiros. Vagabundos. Ociosos. Não sabem o que estão fazendo. Por que não estudam?

 

Ontem. Década de 60. União Nacional dos Estudantes. A UNE reunia jovens de todo o Brasil na luta contra a ditadura militar.  À frente do movimento, jovens estudantes. Não os “secundas” de hoje, mas os universitários de ontem.

 

Hoje são eles os dirigentes do país. Fundaram partidos, uns foram ministros, outros presidentes, muitos estão ou foram presos acusados por corrupção.

 

Jovens de ontem. Jovens de hoje. 

 

 

O que têm em comum? Em 50 anos, o que terão conquistado os nossos "secundas"? Estarão no poder? Precisarão também lutar contra os jovens de amanhã? O que será que eles realmente querem?

 

 

A História é ­uma porta giratória (?)


Ficha Técnica

Projeto )Entre Jovens(

Núcleo Artístico da Cia. Arthur-Arnaldo:
Carú Lima, Julia Novaes, Luisa Taborda, Soledad Yunge, Tuna Serzedello e Taiguara Chagas

Ações previstas:
10 anos em leituras - o projeto da Cia. Arthur-Arnaldo para o público jovem

Apresentações de espetáculos em repertório: "Coro dos Maus Alunos" e "Rolê"

Estreia e circulação do texto inédito "Mártir" de Marius Von Mayenburg

  Saiba mais sobre o espetáculo

IMPRENSA   |   Veja as matérias relacionadas